Oficina de Casaca Mestre Vitalino

A Oficina de Casaca da Barra do Jucu é onde o conhecido Mestre Vitalino trabalha. Nascido imerso na cultura do congo capixaba, ainda mais presente na Barra do Jucu, o artesão cresceu nas Bandas de congo da região, tocando tambor. Foi quando esculpiu a casaca para tocar. "Gostaram muito do eu tinha feito e os pedidos começaram a surgir" lembra.


O apelido surgiu da habilidade na confecção da casaca. O instrumento é uma versão de reco-reco de origem indígena, formada de um cilindro de madeira leve com uma costela de bambu. A peculiaridade está na cabeça esculpida em madeira e nos detalhes e coloridos das pinturas, estas realizadas por sua esposa e filhos. "Cada casaca é uma peça única, com formas e desenhos variados". "É um produto artesanal", justifica Vitalino.

O que começou como um hobby hoje ultrapassou fronteiras culturais e continentais. As casacas de Mestre Vitalino á são produto de exportação. O trabalho detalhado do ícone da cultura capixaba desperta atenção de músicos como instrumento e decoradores como peça de ornamentação com valor cultural. Artistas de destaque nacional como Gilberto Gil, Leone, Carlinhos Brow, entre outros conheceram o ateliê do Mestre Vitalino em passagens pelo estado, adquirindo e divulgando seu trabalho.

*fonte texto:http://www.vilacapixaba.com

*fonte foto: Gustavo Azevedo

Áudio Visual

Assista algumas produções visuais e documentários ligados à cultura da Barra do Jucu.

Veja outras produções